segunda-feira, 23 de março de 2009

Louvre, mesmo com fila, é tri

Foto: Silvia

E por falar em Monet lembrei da visita que fizemos ao Museu do Louvre, em Paris.


Os ingressos custam 9 euros e podem ser comprados facilmente por atendimento automático. Porém, era o primeiro domingo de Agosto e nesses dias, o ingresso é gratuito, então, resolvemos unir o prazer com a economia.


Chegando ao Museu, notamos que havia uma fila imensa - claro, todos querem poupar seus euros para gastá-los em comprinhas ou lanches . Fazer o quê ... encarar a fila e aproveitar o tempo de espera, mais ou menos duas horas, para:


- observar a moda urbana francesa e dos turistas;


-analisar as pessoas da fila, um verdadeiro festival mundial de turismo, e tentar descobrir suas origens;


-traduzir "sensorialmente" o que diziam, pelos gestos, expressões, tom de voz;


- visitar os arredores do museu, enquanto um de nós permanecia sempre na fila;


-registrar detalhes e curiosidades em fotos .


Mas o fato que surpreendeu a todos foi a tentativa de furar a fila. Acredite, não é só aqui que existem os espertinhos (e mal -educados) : eles se fazem presentes em todos os lugares. Bem próximo à porta de entrada, faltando umas dez passoas para entrar, um casal simplesmente se "encosta" na fila, conversando, e ali permanece.


Todos nos olhamos e pensamos: e agora ... vamos permitir isso ?


Eram somente duas pessoas, mas, e o respeito para quem aguardava pacientemente na fila durante o tempo todo ?


Até que um grupo, inclusive nós, começaram a reclamar -em diferentes línguas - para o casal. Com isso, logo vieram os guardas que prontamente "convidaram" os invasores a se retirarem da fila, para alívio geral.


Nem preciso dizer que a visita foi de total encantamento e inesquecível.


Mas ainda tenho que voltar lá ...




Um comentário:

  1. Ainda quero ir lá! quem sabe este ano...
    Adorei o blog!
    Beijo
    Cley

    ResponderExcluir

Obrigada por fazer parte da Vitrine!
Você é especial.
Abraço

Related Posts with Thumbnails